Não se sente bom o suficiente? Pode ser culpa da síndrome do impostor

9 de agosto de 2017

Sabe aquela insegurança que parece estar sempre presente para nos “lembrar” que aquela grande oportunidade na carreira foi um golpe de sorte ou, pior do que isso, que em algum momento você será desmascarado e todos vão perceber que você é uma fraude? Não é só você. Quase todo mundo já foi vítima da chamada síndrome do impostor.

Para muitos, o ditado fake it, until you make it – em português: finja, até que você consiga, se tornou uma estratégia de carreira. Parece estranho, certo? Essa frase pode ser interpretada de duas formas:

1 – Mesmo que você não esteja completamente apto a fazer algo, você se esforça para manter uma postura confiante, até que você consiga desenvolver as habilidades que precisa.

2 – Você absorve mais responsabilidades do que de fato tem capacidade de entregar no intuito de se mostrar ser mais capaz do que realmente é.

Existe uma linha tênue que diferencia os dois pontos: de um lado, você não transparece insegurança frente a um desafio e do outro…bem, você tem uma atitude reativa frente à responsabilidades que ainda não está preparado para assumir.

Não existe problema algum em expressar que se não se sente confortável com alguma tarefa e dizer que precisa estudar suas possibilidades. O problema está quando você simplesmente não acredita que seja suficientemente bom em nada ou, ainda, que só sustenta a posição que tem por estar muito bem disfarçado no seu dia a dia. É como se você inserisse uma neblina em todas as suas conquistas. Essa percepção gera um forte impacto negativo na forma que você se enxerga e, consequentemente, na forma que as pessoas ao seu redor enxergam você. É um ciclo vicioso.

É importante ressaltar que essa condição afeta até mesmo os profissionais mais experientes. Portanto, ela pode não te impedir de progredir. Para te ajudar a identificar se está passando por este cenário, tente fazer as seguintes perguntas:

Você tem dificuldades em aceitar elogios?
Você vive se comparando e achando que seus colegas são mais capacitados?
Novas responsabilidades te deixam apavorado?
Se você respondeu sim para todas as perguntas, é hora de repensar sua carreira e buscar ajuda para enxergar suas reais habilidades. Pode parecer bobagem, mas acreditar no seu potencial pode ser a peça que faltava para sua carreira deslanchar!

Fonte: Extraído de Love Mondays

GOSTOU? Então deixe seu comentário abaixo!

Categorias:

Dicas para sua carreira